Published on 06/11/2018

Que os Jogos Comecem!

Cranial Translation
简体中文 Deutsch English Español Français Italiano



Que acomodações espaçosas!
Olá a todos, e bem-vindos de volta ao Cranial Insertion! Estamos celebrando o lançamento de Battlebond essa semana, a última coleção suplementar da Wizards. Eu consegui reservar uma das suítes de luxo aqui em Valor's Reach no plano de Kylem, então podemos conversar sobre Battlebond em paz, e, entre questões, também podemos assistir enquanto alguns dos competidores estão na arena. Então sente, pegue uma bebida ou duas, e aproveite o show!

Lembrando que, se você tiver uma dúvida de regras de Magic, você pode enviá-la para nós, e nós te enviaremos uma resposta. Nós podemos até usar sua dúvida num artigo futuro! Se a dúvida for curta, você pode enviar para a nossa conta no Twitter em @CranialTweet. Ou se a dúvida por mais longa, pode nos enviar por email em moko@cranialinsertion.com .



Q: Eu ouvi que Battlebond é uma coleção criada para drafts em gigante de duas cabeças. Mas, como se faz um draft de gigante de duas cabeças?

A: Para um draft de gigante de duas cabeças, cada equipe senta ao lado de outro, normalmente com quatro equipes por mesa (assim tendo oito jogadores por na mesa de draft). Os boosters são abertos como uma equipe - isso significa que como há dois de vocês, sua equipe pega dois cards do booster ao invés de um, e adiciona esses cards aos seus cards draftados. Os cards não são designados a um jogador ou o outro - vocês vão montar dois decks com a pool combinada de cards quando o draft terminar.

Algumas palavras de sabedoria: se vocês abrirem um booster que tenha cards com Parceiro, vocês devem draftar esses parceiros. Eles sinergizam bem um com o outro.



Q: Espere, parceiro? É como um parceiro do Commander 2016? [/ Q]

A: Sim e não. É semelhante aos comandantes parceiros do Commander, mas um pouco diferente. Por exemplo, vamos dar uma olhada em [c] Sylvia Brightspear [/ c] e [c] Khorvath Brightflame [/ c]. Em um draft de Battlebond, se você jogar Sylvia Brightspear, quando Sylvia entrar no campo de batalha, você pode pedir a um jogador (por exemplo, seu companheiro de equipe) que procure em seu grimório por uma carta chamada Khorvath Brightflame e coloque-a em sua mão.

Mas se você estiver em um jogo de commander, você pode ter Sylvia Brightspear e Khorvath Brightflame como seus dois comandantes, semelhante a mecânica de parceiro. No entanto, ao contrário dos comandantes originais dos parceiros, os de Battlebond são parceiros apenas um do outro. Você não pode ter Khorvath Brightflame e Vial Smasher the Fierce como seus comandantes: enquanto Vial Smasher tem parceiro, Khorvath só pode fazer parceria com Sylvia e nenhuma outra criatura lendária.



Q: Eu estava lendo o reminder text de Regna, o Redentor , e não diz nada sobre buscar no grimório. Isso significa que ele contorna um efeito como Aven Mindcensor ?

A: Não, não contorna o Mindcensor. O reminder text não é um texto de regras - ele esta la para ajudar a relembrar o que a habilidade faz. No conjurar de "parceiro com", o texto das regras usa a palavra "procurar", então se houver um Aven Mindcensor em jogo, é melhor esperar que [c] Krav, Unredeemed [/ c] esteja nessas quatro cartas ou você não encontrará seu parceiro. [/ a]



Q: Eu uso Totally Lost para por o Angel of Retribution de minha oponente no topo de seu grimório, então conjuro Chakram Retriever. Eu posso dar alvo na minha oponente e forçá-la a procurar por Chakran Slinger, sabendo que não há um no deck, para forçá-la a embaralhar o Angel of Retribution?

A: Não, não é assim que funciona. Embora você possa dar alvo em oponentes com a habilidade desencadeada de busca de Slinger, a habilidade usa a palavra "pode", o que significa que o jogador que foi alvo não precisa buscar se não o quiser. Então você está livre para dar alvo em sua oponente com a habilidade do Retriever, mas ela pode escolher não buscar quando a habilidade resolver, assim mantendo o Angel no topo de seu grimório.



Q: Como um card com assist, como Out of Bounds, funciona?

A: Normalmente, você só pode usar seus próprios recursos para conjurar uma mágica. Contudo, com assist, você pode pedir ajuda de outro jogador para pagar os custos da mágica.

Por exemplo, seu oponente acaba de jogar Play of the Game, e você tem apenas uma ilha desvirada. Mas outro jogador está sentado ali com terrenos desvirados, e adoraria não perder sua mesa inteira. Então você pergunta se ele quer te ajudar a conjurar Out of Bounds para anular a mágica. Seu novo amigo pode ajudar com a parte genérica do custo (no caso, até três manas), mas você ainda tem que pagar a parte azul do custo, além de qualquer parte do custo com a qual seu amigo não queira ajudar.

Eu recomendaria conversar com outros jogadores antes e saber quem quer ajudar - seria um pouco embaraçoso começar a conjurar Out of Bounds, só pra perceber que ninguém quer te ajudar a pagar por ela!



Q: Posso pedir que múltiplos jogadores me ajudem a conjurar minha mágica com assist?

A: Não, apenas um outro jogador pode te ajudar a conjurá-la. Ainda não chegamos ao ponto de financiamento coletivo de mágicas no Magic. Você só pode recrutar um outro jogador para te ajudar a conjurar sua mágica com assist. Você não pode pedir ajuda de dois ou mais jogadores para pagar a sua mágica.



Q: Eu convenci Betty a me ajudar a conjurar Huddle Up dizendo a ela que ela seria um dos alvos. Mas quando eu começo a conjurar, eu decido que vou dar alvo em Verônica ao invés de Betty. Betty ainda é obrigada a me ajudar a pagar pela mágica?

A: Não mesmo. Como alvos são escolhidos antes dos custos serem pagos, Betty vai saber que você a traiu na hora de pagar os custos, e se Betty não quiser mais te ajudar a pagar, você vai ter que arcar com o custo inteiro (ou falhar no anúncio e retroceder se você não pagar u). Então se você entrar num acordo com alguém para conjurar uma mágica com assist, é melhor você cumprir sua parte do acordo, porque se não, o outro não tem incentivo para cumprir sua parte (e provavelmente não vai confiar em ti pelo resto do jogo).


Então, por quem você
está torcendo hoje?


Q: Há uma mudança de regras em Dominaria sobre como funciona o ataque ao time oponente?


A: Sim, foi feita uma mudança nas regras que afetou o combate no Gigante de Duas Cabeças. Anteriormente, quando você declarava os atacantes, você atacava o time, porém quando chegava o momento de designar o dano durante a etapa de dano de combate, você teria de escolher uma cabeça ou outra para causar o dano. Isso fazia com que efeitos como Ghostly Prision fossem bem poderosos, porque se um dos membros do time tinha a Prision, então você teria de pagar 2 manas para atacar o time, mesmo que você quisesse causar dano ao outro membro do time. Isso também fazia com que efeitos de prevenção fosse muito fracos - se você conjurar Mending Hands para prevenir o dano a você, eles poderiam somente designar o dano para seu companheiro de equipe e seu efeito de prevenção de dano iria para o lixo.

Mas tudo isso mudou com o lançamento de Dominaria! Agora, quando você declara os atacantes, você escolhe uma das cabeças do outro time para atacar. O time opositor pode ainda bloquear com qualquer uma das suas criaturas, mas agora você pode desviar da taxa de Propaganda ao atacar o membro do time que não controla uma Propaganda, e você pode prevenir o dano com Mending Hands, já que você sabe quem sofrerá o dano quando o dano de combate for aplicado.



Q: Eu estou em uma partida multiplayer com 5 jogadores, porém só sobramos eu e outro oponente. Se eu jogar Bountiful Promenade, ele vai entrar no campo de batalha virado ou desvirado?

A: Ele entra no campo de batalha virado. No momento que Promenade entra no campo de batalha, ele verifica quantos oponentes você tem no momento, não com quantos oponentes você iniciou o jogo. Ainda que você possa ter iniciado o jogo com quatro oponentes, você possui somente um quando Promenade entra no campo de batalha, então Promenade vai entrar no campo de batalha virado.



Q: Eu estou em um jogo de commander, e irei receber 25 pontos de dano de combate do comandante do meu oponente Kresh the Bloodbraided, então eu conjuro [/c]Stunning Reversal[/c]. O que acontece?

A: Você sobrevive...por um breve momento. Depois que o dano de combate é causado, você iria perder o jogo, já que sofreu 21 ou mais pontos de dano de combate do comandante de alguém, então Reversal substitui a perda de pontos de vida pela alteração dos pontos de vida para um ponto e a compra de sete cards. Então, antes que você tenha a chance de fazer qualquer coisa, as ações baseadas no estado são checadas novamente. Você ainda tomou 21 ou mais pontos de dano de combate do comandante de um jogador, então você perde o jogo, e, como Reversal já foi utilizada, você irá realmente perder o jogo (e antes que você possa tirar alguma vantagem dos sete cards que acabou de comprar).



Q: Estou em um jogo de Gigante de Duas Cabeças, e eu ataco e causo dano em um dos meus oponentes com Archfiend of Despair. Durante a etapa final, eles perdem seis ou 12 pontos de vida da habilidade desencadeada de Archfiend?

A: Em um jogo de Gigante de duas cabeças, o dano causado a um jogador faz com que a vida total do time diminua, mas isso não conta como o outro membro do time tomando dano ou perdendo vida. O oponente que você atacou toma seis pontos de dano pelo ataque do Archfiend, mas isso não significa que o companheiro de equipe também toma seis pontos de dano. Quando a habilidade de Archfiend resolve, o jogador que tomou dano do Archfiend perde seis de vida, mas seu companheiro não, já que ele não perdeu vida neste turno. O resultado final é que o time perde seis pontos de vida adicionais devido à habilidade de Archfiend, não 12 pontos de vida.



Q: Se eu atacar com meu Cheering Fanatic, posso nomear Shock?

A: Certo. Você teve que escolher o nome de um card com a habilidade do Fanatic, e Shock foi o escolhido. Todavia, isso não vai ser muito efetivo com o Shock. A habilidade do Fanatic pode apenas reduzir a parte de mana genérica do custo, não a parte colorida, assim sendo, você continuará tendo que pagar R para conjurar o Shock. A não ser que exista um efeito que aumente o custo em jogo (como Sphere of Resistance), nomear Shock com o Fanatic realmente não vai te ajudar muito.



Q: Meu oponente conjura Archon of Valor's Reach. Depois da resolução, se eu achar que meu oponente vai nomear "mágica instantânea", eu tenho oportunidade de exilar o card com Swords to Plowshares antes que a habilidade me proíba de conjurar?

A: Não, você não tem essa oportunidade. A habilidade do Archon usa a palavra chave "conforme", significando que não é uma habilidade desencadeada: o tipo de card é escolhido quando o card entra no campo. Essa escolha não usa a pilha e não gera espaço para ser respondida. Assim que o card entra, o controlador faz a escolha, e os jogadores são imediatamente impedidos de conjurar mágicas do tipo escolhido. Se ele escolher "mágica instantânea", você não será apto de conjurar seu Swords to Plowshares e exilar o Archon.



Q: Se eu possuir uma criatura com manto ou proteção contra o vermelho, ela pode ser escolhida como uma criatura aleatória para o Last One Standing?

A: Se a sorte estiver ao seu lado, sim! A escolha de uma criatura é aleatória, e não faz dela um alvo. Isso significa que a criatura com manto pode ser escolhida como sobrevivente, e todas as outras criaturas no campo de batalha serão destruídas, deixando a criatura com manto com o título de vitoriosa.


Essa partida acaba de ficar
muito mais interessante!


Q: Se eu conjurar Fumble em uma criatura do meu oponente, mas não possuir quaisquer criaturas em jogo, posso escolher não anexar os equipamentos e auras que estavam naquela criatura que foi retornada para a mão em outra criatura?

A: Não, isso não é uma opção válida. Alguém tem que levantar o que foi derrubado, se possível. Não tem "pode" no texto do Fumble. Você tem que anexar os equipamentos e auras que estavam anexadas à criatura que foi retornada em outra criatura se possível, até se for em uma criatura que seu oponente controla.



Q: Controlo o Fertilid com um marcador +1/+1 e Together Forever. Eu ativo e resolvo a habilidade do Together Forever, e então removo o último marcador do Fertilid para ativar sua habilidade. O Fertilid vai retornar para minha mão?

A: Vai! Uma vez que a habilidade ativada do Together Forever resolve, a criatura retorna para sua mão caso morra neste turno. Não importa se ela tem um marcador. Apenas necessita de um marcador nela quando você ativa a habilidade e quando a habilidade resolve. Você poderá remover o último marcador do Fertilid para ativar sua habilidade e então retorná-lo para a mão devido a habilidade do Together Forever.



Q: Meu Arena Rector morreu no combate, porém antes de sua habilidade resolver, meu oponente conjurou Cremate, exilando-o do meu cemitério. Eu ainda posso procurar por um card de planeswalker com a habilidade do Rector?

A: Não, você não pode. Quando a habilidade resolve, você pode escolher entre exilar o Rector ou não. Você pode procurar apenas se você exilou o Rector quando a habilidade resolve - se ele não está no cemitério para ser exilado quando a habilidade resolver, você não pode optar por exilá-lo, logo, não poderá procurar em seu grimório por um card de planeswalker.



Q: Um de meus oponentes conjurou Pir's Whim. Posso esperar para saber se sou Amigo ou Inimigo antes de decidir se eu quero ativar meu Sensei's Diving Top e colocá-lo no topo do meu grimório ao invés de sacrificá-lo?

A: Não, você não pode. Seu oponente não irá escolher quem é Amigo ou Inimigo até que o Whim resolva (já sendo tarde demais para responder). Você pode responder o Whim antes de resolver, mas você terá que adivinhar se acabará sendo Amigo ou Inimigo (e se você decidir colocar o seu Top no topo do seu grimório, ele pode decidir que você é Amigo, te forçando a procurar e embaralhar seu grimório, visto que procurar não é opcional).



Q: Se eu atacar com Gorm the Great e meu oponente possuir apenas uma criatura, o que acontece?

A: A habilidade do Gorm cria dois requisitos: Gorm deve ser bloqueado se possível, e Gorm deve ser bloqueado por duas ou mais criaturas se possível. Você deve completar todos os requisitos sem violar essas restrições. Gorm deve ser bloqueado, então se seu oponente só possui uma criatura, ela deve bloqueá-lo. Não é possível completar o segundo requisito, visto que ele não possui uma segunda criatura para bloquear, então nós vamos ignorar esse requisito. A única criatura do seu oponente terá que bloquear o seu Gorm que está atacando.



Q: Se eu conjurar Bonus Round, isso significa que as mágicas do meu oponente também são copiadas?

A: Infelizmente para você, sim. Quando Bonus Round resolver, ele vai afetar todas as mágicas de todos os jogadores. Se o seu oponente tem um card de mágica instantânea e quiser conjurar durante o seu Bonus Round, a mágica dele também será copiada. Então, confira se o seu oponente está com os terrenos virados antes de conjurar isso!



Esses são todos os jogos que nós temos para essa semana. Vejo vocês próxima semana!


 

No comments yet.

 

Follow us @CranialTweet!

Send quick questions to us in English for a short answer.

Follow our RSS feed!